top of page

O que acontece no cérebro quando se aprende um instrumento musical ?

A música se faz presente na vida das pessoas de diferentes formas, as vezes marcam momentos, criam memórias, influencia nosso humor e até mesmo nosso sono. Em diversos casos esse apreço pela música nos motiva a aprender um instrumento musical. Seja de cordas, sopro, percussão, aprender um instrumento demanda de grande trabalho para o cérebro e traz consigo uma série de benefícios.


Mas, o que acontece quando você aprende / toca um instrumento musical?


Diversas áreas do nosso cérebro são responsáveis pelo processamento e execução da música. A percepção do som envolve diferentes estruturas cerebrais tais como: córtex pré-frontal, córtex pré-motor, córtex motor, córtex somatosensorial, lobos temporais, córtex parietal, córtex occipital, cerebelo e áreas do sistema límbico, incluindo a amígdala e o tálamo. Essas estruturas estão relacionadas desde a percepção auditiva do som até compreender conceitos como melodia, harmonia e ritmo.


Além disso, já foi evidenciado pela literatura diferenças anatômicas entre cérebros de músicos e não-músicos, e correlação entre treinamento musical formal e habilidades linguísticas, espaciais e matemáticas.


Estudos demonstram também que há indícios de que uma boa discriminação de altura e ritmo em música possa contribuir para a boa discriminação fonológica e desenvolvimento precoce da leitura.


Olha quantos benefícios aprender tocar um instrumento nos proporciona. Que tal aproveitar o início da semana para retomar os treinos com aquele instrumento que está parado em sua casa?


Referência: ROCHA, Viviane Cristina da; BOGGIO, Paulo Sérgio. A música por uma óptica neurocientífica. Per musi, Belo Horizonte, n. 27, p. 132-140, June 2013.






Posts Relacionados

Ver tudo

Commentaires


bottom of page